Buscar

Lolium multiflorum (azevém): Saiba mais sobre esta planta daninha


Conhecida popularmente como azevém, Lolium multiflorum é uma espécie da família Poaceae, originada do Sul da Europa. As plantas desse gênero possuem mecanismo fotossintético C3, podem apresentar ciclo anual ou bianual, dependendo do ambiente.


Desenvolve-se bem principalmente em regiões de clima temperado e subtropical úmido. Uma característica importante para a espécie é a sua plasticidade, a qual permite suportar elevadas variações climáticas durante o desenvolvimento. Tal característica tem favorecido o aspecto invasivo e facilitado a sua disseminação. No Brasil, a espécie é encontrada principalmente na região Sul.


O ciclo de desenvolvimento das plantas pode variar de 125 a 225 dias, dependendo das condições ambientais. As sementes são consideradas pequenas e com baixa quantidade de reservas, o que implica em baixa persistência no ambiente, já que apenas 2% podem estar aptas a germinar após 2 anos no solo.


Quando presente de forma voluntária em meio a cultivos, apresenta elevado potencial competitivo, depreciando a quantidade e qualidade do produto. A redução do rendimento de grãos da cultura do trigo sob densidade de azevém de 750 pl/m² pode variar de 60 a 90%. Apenas 4 pl/m² podem reduzir o rendimento de grãos da cultura do milho em até 60%. A elevada capacidade competitiva do azevém tem sido atribuída em parte à produção de compostos alelopáticos.



Para mais informações sobre a bioecologia e manejo de azevém acesse a página "FOLDERS E LIVRO".