Buscar

Bidens sp. (picão-preto): preocupante planta daninha em áreas agrícolas


Bidens, Bidens pilosa, picão-preto

Plantas conhecidas como picão-preto pertencem à família das Asteraceas e ao gênero Bidens. No Brasil, pelo menos sete espécies deste gênero já foram descritas, mas duas se destacam como mais importantes em áreas agrícolas: Bidens subalternans e Bidens pilosa. É uma das plantas daninhas mais conhecidas pelos agricultores e disseminada nas áreas cultivadas do país.


Esta planta daninha vem causando preocupações dentro dos sistemas de produção, em função do surgimento de diversos casos de resistência a herbicidas. Populações resistentes foram encontradas no país vizinho, o Paraguai. Mas a história com resistência não é recente, uma vez que, desde a época da soja convencional, vários relatos envolvendo herbicidas já foram descritos em espécies de picão-preto.


Desde então, alguns trabalhos têm caracterizado resistência nas duas espécies em vários locais do Brasil, o que demonstra a dispersão deste problema. Também já foram constatadas resistência múltipla de B. subalternans e B. pilosa.


Em síntese, é necessário ficar atento às falhas de controle no campo, começando por regiões vizinhas ao Paraguai, como o Oeste do Paraná e Sul do Mato Grosso do Sul e em propriedades que compartilham o maquinário agrícola que transita entre o Brasil e o Paraguai. Ao mesmo tempo, medidas para a prevenção da resistência devem ser adotadas, como por exemplo rotação de culturas e de mecanismos de ação de herbicidas, limpeza de implementos agrícolas e monitoramento de populações.


Siga as Boas Práticas de Manejo recomendadas para a prevenção da resistência de plantas daninhas a herbicidas, que compreendem boa parte da implementação das Boas Práticas Agrícolas.



No nosso site você encontra diversos materiais sobre o manejo desta e outras plantas daninhas! Confira!